quinta-feira, 20 de março de 2014

MEMÓRIAS DA MINHA INFÂNCIA

 “Memórias são um meio de articular o passado ao presente, porque a história de cada indivíduo traz em si a memória do grupo social ao qual pertence”.
 Recuperar memórias é um meio de explorar o passado, como nos diz Walter Benjamin: "A memória não é um instrumento para a exploração do passado; é, antes, o meio. É o meio onde se deu a vivência...”



 Recordação envolve alto grau de consciência porque implica em que a pessoa tome o passado como passado (Rubinstein, 1967). Por sua vez, os acontecimentos do passado não são lembrados de forma cristalizada. Eles podem ser reconstruídos e re-significados muitas vezes e com visões novas, reais e imaginárias. Seus rearranjos, suas reconstruções, orientam as ações presentes.
Na maior parte das vezes, lembrar não é reviver, mas refazer, reconstruir, repensar com imagens e idéias de hoje, as experiências do passado (...). A lembrança é uma imagem construída pelos materiais que estão agora à nossa disposição no conjunto das representações que povoam nossa consciência atual (Bosi, 1994, p. 55).



                                                       

 objetivo:
 Desenvolver  várias  habilidades; fazendo com que os alunos se identifiquem com o conteúdo, aprimorando o aprendizado e fazendo com que eles se sentam parte desse evento e consequentemente aumentando o interesse pela atividade proposta. Trabalhando os valores de outrora possibilitando aos alunos vislumbrar as mudanças que ocorreram no lugar onde vivem.








Postar um comentário